AGROPECUÁRIA
Microrganismos patogênicos estão presentes e podem ser introduzidos em granjas de aves, suínos e incubatórios de várias formas e, por este motivo, os processos de higienização são essenciais para conter ou eliminar a disseminação de doenças.

Sempre é mais econômica a prevenção de doenças do que lidar com surtos. A utilização de procedimentos e produtos sanitizantes adequados é a melhor forma de controle. É muito importante destacar que a limpeza e lavagem completa antes da aplicação de qualquer sanitizante é o que torna o processo de higienização eficaz e eficiente.

Outro fator a ser considerado é a atividade do sanitizante utilizado na presença de matéria orgânica uma vez que, nos ambientes considerados, sua presença é abundante e diversos produtos não têm atividade ou têm sua ação reduzida em contato com estas matérias.

Uma boa higienização dos equipamentos, utensílios e ambientes, é fundamental para a garantia da qualidade e as empresas devem ser bastante conscientes na escolha e utilização dos produtos de limpeza e sanitização, optando por utilizar produtos aprovados e autorizados pelos órgãos dos Ministérios da Agricultura e ou da Saude.

Os produtos devem ter um amplo espectro de ação, agindo sobre bactérias, esporos, vírus, leveduras e fungos, e devem destruir rapidamente os microrganismos, devem ser de fácil remoção ou não deixar residuais além de serem atóxicos ou de baixa toxicidade, de fácil aplicação e seguros aos operadores.

Os produtos das Linhas THECH APA, VOXILON e PROXITANE, são adequados e os mais indicados para estas aplicações além de serem de fácil aplicação, são ambientalmente compatíveis e atuam oxidando a estrutura celular imprescindível à sobrevivência dos microrganismos, eliminando-os e não permitindo o surgimento de formas resistentes, o que dispensa a necessidade de rodízio de sanitizantes.

Por serem produzidos com componentes de alto grau de pureza, não contêm metais pesados ou outros resíduos indesejáveis, não geram resíduos tóxicos, restando após sua decomposição apenas oxigênio e água e dispensam na maioria dos casos, a necessidade do enxágue, possível fonte de recontaminação.

 Voltar